Pode Deus criar uma rocha tão pesada que ele não pode levantá-la?

(Difference between revisions)
Jump to: navigation, search
(translation finished)
Line 9: Line 9:
 
Similarmente, não pode existir uma pedra que não possa ser levantada num universo que também contém um Deus que pode levantar qualquer coisa. Isto também prova que há algo que Deus não pode criar.
 
Similarmente, não pode existir uma pedra que não possa ser levantada num universo que também contém um Deus que pode levantar qualquer coisa. Isto também prova que há algo que Deus não pode criar.
  
Como nós saimos deste paradoxo? Um [[ateu]]responderia que a idéia de "todo-poderoso" é sem sentido e não merece consideração no mundo real. Entretanto, [[apologistas]] geralmente respondem que "todo-poderoso" significa "Deus pode fazer tudo... que é ''logicamente possível''."
+
Como nós saimos deste paradoxo? Um [[ateu]] responderia que a idéia de "todo-poderoso" é sem sentido e não merece consideração no mundo real. Entretanto, [[apologistas]] geralmente respondem que "todo-poderoso" significa "Deus pode fazer tudo... que é ''logicamente possível''."
  
As [[C.S. Lewis]] states in ''[[Mere Christianity]]'':
+
Como [[C.S. Lewis]] afirma em ''[[Cristianismo Puro e Simples]]'':
:"''His omnipotence includes power to do all that is intrinsically possible, not to do the intrinsically impossible. You may attribute miracles to Him, but not nonsense.''"
+
:"''Sua onipotência inclui poder de fazer tudo o que é intrínsecamente possível, não fazer o intrínsicamente impossível. Você pode atribuir milagres a ele, mas não contra-senso.''"
This raises the question of what exactly a [[miracle]] is, if not doing the impossible. Of course, the qualifier ''intrinsically'' is an important one. Still, this seems to paint a picture of God as simply the ''most'' powerful being in the universe, instead of an ''all-''powerful one.
+
Isto levanta a questão do que é exatamente um [[milagre, se não fazer o impossível. É óbvio, o qualificador ''intrínsecamente'' é importante. Ainda, isto parece pintar uma figura de Deus como simplesmente o ser ''mais'' poderoso no universo, ao invés de um ''todo-'poderoso.
  
 
== Veja Também ==
 
== Veja Também ==

Revision as of 19:50, 21 May 2009

A questão paradoxal, "Pode Deus criar uma rocha tão pesada que ele não pode levantá-la?" é um enigma bobo criado para mostrar que o termo onipotente é, de fato, sem sentido.

Onipotente significa "todo-poderoso", que é tipicamente entendido como "capaz de fazer qualquer coisa". Se Deus pode fazer qualquer coisa, então ele deveria ser capaz de criar tal pedra. Mas uma vez que a pedra foi criada, ele deveria também ser capaz de levantá-la, o que contradiz a primeira afirmação.

Isto é remanescente de uma história sober um vendedor de armas mediaval cuja espada era tão afiada que poderia penetrar qualquer armadura, e cujo escudo era tão forte que poderia barrar qualquer ataque. Um membro da mutidão falou, "O que acontece quando você lança a sua espada contra o seu escudo?", o vendedor ficou confuso.

A resposta é que o vendedor estava mentindo sobre um dos seus produtos. Ou, colocando em outra forma, uma espada perfeita e um escudo perfeito não podem existir simultaneamente. Se existir alguma espada que possa penetrar em todos os escudos, então, por definição, não existe nenhum escudo que possa suportar a todos os ataques.

Similarmente, não pode existir uma pedra que não possa ser levantada num universo que também contém um Deus que pode levantar qualquer coisa. Isto também prova que há algo que Deus não pode criar.

Como nós saimos deste paradoxo? Um ateu responderia que a idéia de "todo-poderoso" é sem sentido e não merece consideração no mundo real. Entretanto, apologistas geralmente respondem que "todo-poderoso" significa "Deus pode fazer tudo... que é logicamente possível."

Como C.S. Lewis afirma em Cristianismo Puro e Simples:

"Sua onipotência inclui poder de fazer tudo o que é intrínsecamente possível, não fazer o intrínsicamente impossível. Você pode atribuir milagres a ele, mas não contra-senso."

Isto levanta a questão do que é exatamente um [[milagre, se não fazer o impossível. É óbvio, o qualificador intrínsecamente é importante. Ainda, isto parece pintar uma figura de Deus como simplesmente o ser mais poderoso no universo, ao invés de um todo-'poderoso.

Veja Também

Personal tools
Namespaces
Variants
Actions
wiki navigation
IronChariots.Org
Toolbox